O Google está ouvindo suas conversas?

Eis um cenário bastante comum: você está conversando com alguém através do smartphone. Papo vai, papo vem e vocês acabam mencionando produtos ou serviços que lhes interessam. Alguns minutos depois, navegando pela internet, uma propaganda do produto ou serviço mencionado aparece na sua tela, mesmo sem você nunca ter pesquisado sobre ele.

Seria uma coincidência ou o Google estaria monitorando suas conversas pessoais?

Seu Smartphone Grava o que Você Fala

Apesar de não ser um segredo, muita gente não sabe que o smartphone pode gravar o que você fala ao redor dele, mesmo que você não tenha ativado o microfone ou qualquer tipo de aplicativo – as conversas feitas através do aparelho também podem ser gravadas. O Google afirma que o armazenamento de áudio serve para melhorar ferramentas de reconhecimento de idioma, ou seja, com a sua fala, os usuários do Google Translate podem ouvir traduções cada vez mais autênticas, entre outras melhorias.

Quer saber o que o Google andou gravando? Basta conferir a página Minha Atividade, onde o próprio Google disponibiliza os dados por ele armazenados. A boa notícia é que você pode bloquear futuras gravações, para isso clique aqui e desative a opção “Atividade de voz e áudio”.

FBI Ativa Microfones de Celulares e PCs à Distância

Em meados de 2013, o Wall Street Journal divulgou que o FBI, agência de investigação norte-americana, estaria usando recursos para ativar microfones de smartphones Android e notebooks à distância, podendo gravar conversas sem que o usuário saiba.

Ainda segundo o jornal, o FBI estaria também coletando informações como endereços web e programas em execução. Essas informações nunca chegaram a ser confirmadas pelo FBI ou pelo Google, mas certamente levantaram suspeitas em milhares de usuários.

Resposta do Google

Apesar de relatos como o que inicia o texto serem comuns, o Google afirma que a funcionalidade de reconhecimento de voz não é empregada para fins publicitários e que esses áudios não são compartilhados com terceiros. A empresa afirma ainda que, em sua política de conteúdo, deixa claro que os desenvolvedores de aplicativos não podem recolher informações sem o consentimento do usuário.

Em um momento em que o avanço tecnológico disputa espaço com a privacidade do usuário, segurança virou palavra de ouro. Por isso você não pode deixar de proteger seu computador, smartphone e principalmente seus dados pessoais!

Para isso existe a Bitdefender, empresa que a mais de 10 anos trabalha para proteger você dos males que rondam a internet. Acesse o site da Bitdefender para conhecer os melhores produtos de cibersegurança do mercado e comece a navegar com tranquilidade!

Imagens: Shutterstock e Huffington Post.

Comentários

comentários